Ano letivo da rede municipal começa na próxima semana

Reuniões de planejamento ocorrem nos dias 1, 2 e 3 de fevereiro; o retorno às aulas será no dia 4, com atividades remotas

Cerca cinco mil professores da rede municipal de ensino retornam aos trabalhos, na próxima segunda-feira (1), para participar das atividades de planejamento escolar do ano letivo de 2021. A prática pedagógica irá ocorrer nos dias 1, 2 e 3 de fevereiro. Com estes encontros, a Secretaria Municipal de Educação (SME) orientará todas as unidades escolares sobre os procedimentos a serem adotados, bem como alinhará planos específicos envolvendo o ensino remoto e o acompanhamento dos estudantes. Por conta da pandemia de Covid-19, as reuniões com os professores serão feitas todas pela internet, por meio de plataforma de vídeo, como ocorreu em 2020.

As aulas na rede municipal serão retomadas no dia 4 de fevereiro, de forma não presencial, para os cerca de 45 mil alunos matriculados nas 88 escolas municipais, 35 Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs), e 56 Centros de Educação Infantil (CEIs) conveniados. Ainda não há previsão para a retomada das atividades presenciais.

Na manhã de segunda-feira (1°), a secretária municipal de Educação, Maria Tereza Paschoal, irá conduzir reunião administrativa com os coordenadores das unidades escolares, para fazer encaminhamentos gerais e o repasse do roteiro sugerido pela SME para este ano letivo. No período da tarde, os diretores iniciam a prática pedagógica com os professores, sendo que cada escola realizará as atividades conforme seu cronograma e horários.

Durante essas práticas, os professores tomam conhecimento sobre as turmas que irão conduzir, e serão feitas as deliberações sobre demandas e possibilidades de ajustes nos trabalhos previamente planejados para 2021. As definições devem respeitar a realidade atual da cidade, devido às restrições pandemia, e estarem alinhadas ao cotidiano de cada unidade escolar.

De acordo com a assessora pedagógica da SME, Mariangela Bianchini, todos os alunos da rede municipal continuarão sendo monitorados e recebendo o devido suporte durante o período de ensino não presencial. “O conceito é semelhante ao do ano anterior. Haverá atenção especial àquelas crianças cujas famílias não possuem acesso à internet, são mais vulneráveis ou enfrentam dificuldades para acompanhar o ensino de seus filhos. Estes alunos contarão com as consultas pedagógicas individualizadas, iniciativa que foi implantada em 2020. A SME avalia a situação de cada aluno nessas condições e os professores mediadores vão até suas casas para entender o que está acontecendo. Assim, são prestados atendimentos com horário marcado nas escolas ou por meio de vídeo, quando possível”, explicou.

Um dos pontos a serem tratados nas reuniões de prática pedagógica são os materiais pedagógicos para 2021, os chamados Planos de Estudos Dirigidos (PED), que norteiam todas as atividades a serem desenvolvidas periodicamente com os alunos. Os materiais englobam vídeos on-line para acompanhamento remoto, materiais impressos com tarefas em cadernos, livros ou folhas únicas. Os kits começam a ser entregues a partir do dia 4 de fevereiro.

As entregas serão realizadas mediante agendamento com as famílias, que estão sendo contatadas e orientadas pelas escolas. A retirada será organizada com espaçamento de horários, escalonamentos e demais estratégias que evitem a aglomeração de pessoas, resguardando a segurança e saúde de todos. A previsão é que a maior parte das escolas possa finalizar a entrega no próprio dia 4, mas todos receberão seus materiais nos primeiros dias de aula.

Com: N.Com

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: