Iniciada a revitalização do Bosque Central

Espaço receberá melhorias que garantirão mais segurança

Na próxima terça-feira, a partir das 9 horas, representantes da Prefeitura de Londrina visitam o Bosque Central “Marechal Cândido Rondon” para dar início às obras de revitalização, valorizando assim um dos principais patrimônios histórico, cultural e ambiental do Município. Para isso, nesse dia, os secretários municipais de Gestão Pública, Fábio Cavazotti e Silva, e o de Planejamento, Orçamento e Tecnologia, Marcelo Canhada, visitarão o local em conjunto com os representantes da empresa ganhadora da licitação, a San Pio Construtora EIRELI.

A partir da assinatura da ordem de serviço, que será feita nos próximos dias, a empresa contratada colocará em prática o projeto de revitalização. Ele prevê a retomada do conceito jardim-bosque, valorizando as características originais do espaço e mantendo -ao máximo- a área verde na região central de Londrina. Tudo foi pensado proporcionar espaços de interação, contato e convívio com pessoas de diferentes gerações.

Para tanto, será feito um alargamento das calçadas; serão instalados bancos, pequenos palcos, mesas e alguns elementos que permitirão a realização de brincadeiras para as crianças. O local também contará com uma nova pista de caminhada, corrida e ciclismo e barras de exercício físico; assim como com passagens elevadas nos cruzamentos com a Rua São Paulo e Rio de Janeiro, que vão promover a integração do Bosque com outras áreas públicas centrais da região, como a Praça Sete de Setembro e a Praça Primeiro de Maio com a Concha Acústica.

Uma academia ao ar livre, um parquinho para as crianças e uma quadra poliesportiva totalmente reformada também estão inclusas na revitalização. No futuro próximo, quem passar pelo local verá que a iluminação pública também será diferente. Ela terá efeitos cênicos e projeções coloridas voltadas para as copas das árvores, o que garantirá a sensação de mais segurança para aqueles que quiserem passear, usufruir das áreas de lazer ao ar livre ou ainda ali permanecer para contemplar.

Segundo o secretário municipal de Gestão Pública, Fábio Cavazotti e Silva, com a homologação do processo licitatório e assinatura da ordem de serviço espera-se que a obra transcorra dentro do cronograma estipulado e que reviva um dos primeiros espaços públicos de lazer de Londrina. “Nosso objetivo é termos uma execução ágil, cumprindo os prazos e entregando ao final um  espaço revitalizado. Há uma grande expectativa em relação às melhorias, porque sabemos da importância histórica do Bosque para a cidade. Ele foi um dos primeiros equipamentos públicos de lazer que Londrina teve e esperamos atender as expectativas dos moradores da região, dos usuários e de toda a população”, ressaltou o secretário de Gestão Pública.

O processo licitatório foi homologado nesta semana e pode ser conferido no Jornal Oficial do Município nº 4.262. O contrato entre a empresa e o município já está assinado. A obra custará R$ 2,5 milhões aos cofres públicos municipais, uma economia real de mais de R$ 25 mil entre o valor máximo que poderia ser pago no certame e o que será investido. O prazo para a execução das melhorias é de 150 dias a contar da assinatura da ordem de serviço. O projeto completo, está disponível no site da Prefeitura de Londrina.

Com N.Com

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: