BRDE recebe US$ 4 milhões que beneficiam empresas paranaenses

O crédito irá financiar projetos nas áreas de produtividade empresarial, eficiência energética, energias renováveis e agronegócios.

O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) recebeu recursos do Banco de Desenvolvimento da América Latina, o CAF, no valor de US$ 4.339.644,83, que irão beneficiar quatro empresas paranaenses. Segundo o vice-presidente e diretor de operações do BRDE, Wilson Bley, ao longo de 2021 o Banco estima liberar US$ 70 milhões do CAF.

Ainda de acordo com Bley, o objetivo da contratação de crédito é financiar projetos de pré-investimento e de investimento nas áreas de produtividade empresarial, eficiência energética, energias renováveis e agronegócios. “Com este crédito, já conseguimos dar suporte a quatro empresas do Paraná e auxiliar na geração do emprego do Estado”, afirmou.

Uma das empresas beneficiadas pelo crédito é a Romanha Alimentos. Segundo o diretor-presidente da marca, Cesar Renato Vasquez Kulpa, o crédito é vital para o projeto de expansão de sua fábrica, localizada atualmente em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba.

“Nós temos um mercado sólido, onde as demandas estão crescendo em outros estados. Por isso, queremos ampliar e focar na excelência. Para isso, precisamos monitorar cada processo e estruturar um crescimento sólido, que possa até almejar um mercado internacional”, afirma Kulpa.

BONS RESULTADOS – Com créditos como esse, o banco pretende atingir metas como as de 2020, quando liberou R$ 3 bilhões para empresas que fizeram a economia da Região Sul crescer e os empregos no Paraná aumentarem com mais de 124 mil contratações nos setores de serviços, comércio, indústria, construção e agropecuária.

A documentação foi assinada por Wilson Bley Lipski e pelo diretor de Planejamento, Luiz Corrêa Noronha, e encaminhada ao CAF.

Com: AEN

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: