Laboratório do IAT em Londrina recebe acreditação pelo Inmetro

A acreditação é um reconhecimento formal da competência que o local possui para realização dos ensaios laboratoriais avaliados, seguindo padrões exigidos internacionalmente pela norma ISO/IEC 17025:2017.

Imagem: Divulgação IAT

Os laboratórios ambientais do Instituto Água e Terra (IAT) em Londrina receberam acreditação do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). Esse é um reconhecimento formal da competência que o local possui para realização dos ensaios laboratoriais avaliados, seguindo padrões internacionalmente exigidos pela norma ISO/IEC 17025:2017.

“É mais uma conquista de toda equipe dos laboratórios, em especial dos laboratórios de Londrina, que com garra e dedicação transformaram a sua rotina, otimizaram seus processos e neste momento podem afirmar que são profissionais de um laboratório público com confiabilidade analítica e reconhecimento internacional”, diz a gerente técnica e da Qualidade dos laboratórios do IAT, Loraine Jacobs Lucca.

A acreditação de Londrina foi registrada na Rede Brasileira de Laboratórios de Ensaio (RBLE), com o código CRL nº 1540, de janeiro de 2021, para sua identificação. Com esta numeração é possível consultar os parâmetros acreditados no site do Inmetro.

PROCESSO – A acreditação foi recebida para o setor de Amostragem e para os laboratórios de Físico-Química e Microbiologia. A Coordenação Geral de Acreditação (CGCRE) do Inmetro visitou as estruturas em Londrina no mês de setembro do ano passado. Antes de um laboratório obter a acreditação de acordo com a ISO/IEC 17025, ele passa por avaliações bastante criteriosas na parte de documentação, estrutura e analítica.

A ISO/IEC 17025 é uma norma robusta para as atividades de laboratório, pois apresenta todos os requisitos de uma certificadora de gestão, como a ISO 9001 e mais os critérios técnicos.

CURITIBA – Os laboratórios de Curitiba, que já possuem acreditação (CRL nº 1457 de novembro de 2019), obtiveram recomendação para manutenção dos parâmetros do setor de Amostragem e para os laboratórios de Metais, Físico-Química e Ecotoxicologia.

A sede em Curitiba também conquistou a recomendação para extensão do escopo ao Laboratório de Microbiologia nos ensaios utilizados para Determinação de Coliformes Totais e Escherichia coli, os quais não estavam inclusos na acreditação obtida em 2019.

A acreditação atualizada de Curitiba, com base na ISSO 17025, ainda está em processo de análise.

TOLEDO – Os laboratórios do IAT de Toledo iniciam neste ano seu processo para solicitação de acreditação.

MONITORAMENTO – Após a obtenção do CRL, os laboratórios são avaliados constantemente em períodos pré-definidos (1 ano na primeira avaliação e depois em intervalos de 2 anos) para verificar se mantêm o atendimento aos requisitos da norma, dentre eles o de melhoria contínua, ou seja, se além da manutenção da qualidade houve melhorias no processo como um todo buscando sempre aumentar a excelência dos processos.

A previsão de reavaliação para os laboratórios de Londrina é 01/2022. A CRL pode ser consultada no site do Inmetro (http://www.inmetro.gov.br/laboratorios/rble/).

Com: AEN

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: