Prefeitura inicia georreferenciamento dos cemitérios

Imagens aéreas feitas com o drone serão utilizadas em conjunto com mapas dos cemitérios, para facilitar localização dos jazigo

Imagem: Acesf

Na última quarta-feira (10), a Prefeitura de Londrina deu início aos trabalhos de georreferenciamento dos cemitérios municipais. O primeiro deles a receber a equipe técnica com os drones foi o Cemitério Municipal São Pedro, que é o mais antigo dentre os urbanos da cidade e está localizado na região central (Rua Alagoas, 825 ).

Durante o dia, os servidores colheram diversas imagens aéreas feitas com o drone. Elas serão utilizadas durante o processo de reconhecimento das coordenadas geográficas do local, em conjunto com as informações contidas nos mapas e em outras fotografias. Ao serem aplicadas aos mapas das quadras e dos jazigos, a Administração dos Cemitérios e Serviços Funerários de Londrina (ACESF) pretende identificar todas as sepulturas com as informações de busca com imagens.

Com a inovação será possível, futuramente, disponibilizar a consulta desses espaços no site da Prefeitura e até mesmo em um aplicativo para celular. “Começamos os trabalhos ontem, no São Pedro, que é um cemitério histórico em Londrina, mas pretendemos realizar isso em todos os municipais durante o ano. O georreferenciamento vai trazer mais acesso à informação para o cidadão, além de, por exemplo, facilitar a localização dos jazigos e quadras durante uma pesquisa”, explicou o superintendente da autarquia, Péricles Deliberador.

Para isso, a ACESF conta com a ajuda dos profissionais da Gerência de Informações Geográficas de Londrina, ligada à Secretaria de Planejamento, Orçamento e Tecnologia (SMPOT), por meio do Sistema de Informação Geográfica de Londrina (SIGLON). Unindo esforços entre os órgãos da administração pública, a autarquia conseguirá gerar relatório de jazigos que ainda não possuem cadastro ou informação; avaliar aqueles que precisam de manutenção; controlar a execução das manutenções e reformas em todas as sepulturas e disponibilizar informação através dos mapas com imagens.

Além desses benefícios, o georreferenciamento também visa facilitar a gestão e controle dos cemitérios para a melhoria em cada um desses espaços públicos municipais, manter atualizado o sistema de busca de informações automatizadas da Prefeitura e em um futuro próximo disponibilizar um aplicativo de celular que ajudará os visitantes nas pesquisas pelo local exata do sepultamento.

SIGLON- SIGLON já vem sendo utilizado pela Prefeitura de Londrina em diversas áreas. Por meio de múltiplas ferramentas, os servidores das secretarias municipais e autarquias conseguem colocar novas informações, alimentando constantemente o sistema. Com a ajuda do mesmo, já foi possível aplicar procedimentos de atualização à Regularização Fundiária Urbana (REURB), ao Zoneamento Fácil, ao Estudo de Impacto de Vizinhança, aos procedimentos da SEMA e o inventário do patrimônio histórico-cultural do Município, entre outros.

No portal do SIGLON (clique aqui), o cidadão encontra informações sobre ruas, loteamentos, bairros, estradas, rios, entre outros, em diversos formatos. O público-alvo que mais utiliza o serviço são estudantes da graduação, pesquisadores de universidades, alunos de ensino médio, loteadores, profissionais de arquitetura, engenharia civil e a população como um todo.

Com: N.Com

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: