Prefeitura vacinou 3.500 idosos neste fim de semana

Horário para a vacinação está lotado até quarta-feira

Neste sábado (27) e domingo (28), os idosos com mais de 80 anos compareceram ao horário marcado para se imunizarem contra o novo Coronavírus. Durante os dois dias, a Prefeitura de Londrina conseguiu vacinar 3.437 pessoas. Elas tomaram a primeira dose da vacina AstraZeneca, que a Fiocruz está ajudando a embalar e a futuramente vai produzir no Brasil.

A Secretaria Municipal de Saúde de Londrina (SMS) organizou dois pontos de vacinação durante o fim de semana. No sábado (27), os profissionais da Unidade Básica de Saúde do Jardim do Sol e do Centro de Imunização na Zona Norte deram a primeira dose para 2.484 idosos com mais de 80 anos. Já no domingo, a ação aconteceu das 9h às 19h somente no Centro de Imunização na Zona Norte e atingiu 953 pessoas com mais de 80. Dentre estas, 841 tinham entre 80 a 84 anos de idade; outras 99 doses foram para os idosos de 85 a 89 anos; 8 doses para idosos com mais de 90ª nos e cinco para os profissionais da saúde. “No sábado, estive lá no Centro de Imunização à noite e está sendo um sucesso de organização e de metodologia de trabalho. Está muito bacana, sem fila, rápido, atendimento carinhoso e com todos os cuidados. Nossa equipe de profissionais da saúde, da educação e da Prefeitura como um todo, enfim, toda equipe da Prefeitura  está unida para passarmos esse momento delicado”, disse o prefeito de Londrina, Marcelo Belinati.

A meta era imunizar cerca de 3.000 pessoas no sábado e outras mil no domingo. Segundo o secretário municipal de saúde, Felippe Machado, que esteve no sábado e no domingo acompanhando a vacinação, é que os idosos estão comparecendo ao dia e horário marcado para tomarem a primeira dose da vacina. “O percentual de faltantes é bem baixo. Temos uma agenda para segunda, terça e quarta-feira já preenchida, com 700 vagas por dia. Até quarta-feira mais 2100 pessoas vão ser vacinadas. Há uma expectativa que essa semana cheguem novas vacinas ao Paraná e se elas chegarem mais pessoas serão vacinadas”, explicou o secretário de saúde.

Os trabalhos foram intensos. A vacinação na UBS do Jardim do Sol esteve aberta das 8h às 19h e no Centro de Imunização das 8h às 21 horas. No domingo, a sede do CCI abriu das 9h às 19h para atender a demanda agendada. Aqueles que faltaram ao dia e horário agendado para tomar a vacina devem agendar novo horário no site da Prefeitura.

Segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde, a agenda de horários para a vacinação está lotada até quarta-feira desta semana (3) e assim que chegarem mais doses das vacinas contra a COVID-19, novos horários serão disponibilizados para a população e novo público-alvo deve ser vacinado.

Até o momento, a imunização é a forma mais eficaz de reduzir a transmissão, diminuir a gravidade dos casos da infecção viral e proteger tanto o indivíduo quanto a sociedade. Por isso, a Prefeitura espera vacinar o maior número de pessoas o mais rápido possível.

Como marcar o horário da vacina – Quando a Prefeitura de Londrina abre o agendamento para o público-alvo, os interessados precisam se cadastrar pela internet no www2.londrina.pr.gov.br/sistemas/cadastrovacinacovid/. Após a verificação dos dados, aqueles que tiveram o cadastro efetivado devem acessar novamente o site da Prefeitura de Londrina. para marcar o dia e a hora que desejam tomar a vacina.

É preciso escolher o local onde irá receber a dose da imunização. Há duas opções: a Unidade Básica de Saúde do Jardim do Sol e o Centro de Imunização na Zona Norte. A UBS do Jardim do Sol fica na Rua Via Láctea, 877 e funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h. Já o Centro de Imunização na Zona Norte foi instalado no prédio do CCI da região norte, na Rua Luís Brugin, esquina com a Avenida Saul Elkind. Ele está atendendo das 8h às 20h. Após a escolha, o cidadão precisa imprimir o QR-CODE disponível e levá-lo no dia e horário do agendamento da vacina.

Com N.Com 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: