GM atendeu 1.307 denúncias de descumprimento das medidas de combate à pandemia em 2021

Do total, nos meses de janeiro e fevereiro, Guarda Municipal fiscalizou 1.075 denúncias e encaminhou 232 para outros órgãos fiscalizadores

Imagem: Defesa Social

A Prefeitura de Londrina, por meio da Secretaria Municipal de Defesa Social, divulga o balanço das ações de fiscalização registradas nos meses de janeiro e fevereiro de 2021. Informações do setor de estatística da Guarda Municipal apontam que, nos dois primeiros meses deste ano, foram registradas 1.307 denúncias de descumprimento das medidas dos decretos municipais, das quais 1.075 foram atendidas pela GM, e outras 232 foram encaminhadas aos demais órgãos fiscalizadores. Do total de atendimentos feitos pela guarda, em 496 casos houve constatação de irregularidade, já em outros 579 não houve flagrante.

O número de termos de constatação lavrados ficou em 312, sendo 105 para pessoas flagradas sem máscara; 72 para estabelecimentos comerciais flagrados em desacordo com as normas; 45 para festas, eventos e partidas esportivas irregulares; 40 para pessoas flagradas pela lei seca municipal; 24 para bares em desacordo com decreto; 15 para flagrante de uso de narguilé em áreas públicas ou privadas; nove para aglomeração de pessoas em espaços públicos e privados; um para pessoa flagrada em quebra do isolamento e outro para uma empresa da construção civil flagrada funcionando de forma irregular. O relatório apontou ainda que foram registradas 124 orientações, 52 interdições e oito encaminhamentos para delegacia.

Balanço de fevereiro – O mês de fevereiro acumulou o recebimento de 835 denúncias. Destas, 705 foram atendidas pela GM. Outras 130 denúncias foram encaminhadas aos demais órgãos responsáveis. Em fevereiro foram lavrados 211 termos de constatação.

Denúncias – A Prefeitura de Londrina segue as medidas mais restritivas de combate à pandemia, vigentes até o próximo dia (8), anunciadas pelo Governo do Estado. A Guarda Municipal segue apoiando a fiscalização do toque de recolher imposto das 20h às 5h. Os serviços não essenciais estão proibidos de funcionar.

A população pode fazer denúncias para a Central da GM, pelo telefone 153, ou para a Defesa Civil, por meio do telefone 199 ou pelo WhatsApp (43) 99995-0272. Quem for flagrado em descumprimento poderá responder criminalmente pelo ato.

Com: N.Com

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: