Central da GM recebeu 180 chamados no último final de semana

Foram lavrados 24 termos de constatação para estabelecimentos e pessoas flagradas em desacordo com as medidas restritivas

Imagem: Defesa Social

A Prefeitura de Londrina, por meio da Secretaria Municipal de Defesa Social, divulga o balanço da fiscalização dos decretos de combate à pandemia do coronavírus no município. Entre sexta-feira (5) e domingo (7) foram registradas 180 denúncias, sendo 164 delas via telefone 153 da Guarda Municipal e outras 16 por WhatsApp.

Do total de chamadas, 163 foram atendidas pela GM e 17 encaminhadas para os demais órgãos de fiscalização. Em 108 casos não foram constatadas irregularidades, porém quando possível foram reforçadas as medidas de prevenção à Covid-19.

Durante o final de semana, a Guarda Municipal lavrou 24 termos de constatação para flagrantes de irregularidades, sendo seis para flagrante de pessoas sem máscara. Destes, um homem foi encaminhado para delegacia por ter desrespeitado a equipe e não acatado a orientação do uso do equipamento obrigatório.

Outras seis termos foram para flagrantes de lojas funcionando; três para distribuidoras de bebidas abertas, inclusive com pessoas consumindo bebida alcoólica no local; dois para bares abertos com pessoas consumindo no local; e dois para salões de beleza flagrados em funcionamento.

Também foram emitidos termos de constatação para clínica de estética funcionando; construtora com plantão de vendas; lanchonete flagrada com pessoas consumindo no local, sendo que o permitido é apenas delivery ou take away; supermercado flagrado com aglomeração nas filas do caixa e açougue. E ainda foi lavrado termo para uma igreja flagrada com aglomeração superior a 15% da capacidade.

Operação integrada – Durante a tarde da última sexta-feira (5) a Prefeitura de Londrina, por meio da Guarda Municipal, Secretaria de Fazenda e Secretaria Municipal de Saúde, participou da terceira Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU) em conjunto com a Polícia Militar e Corpo de Bombeiros. A fiscalização visitou 13 estabelecimentos comerciais, dos quais três encontravam-se fechados.

Foram lavrados sete autos de notificação por parte da Fazenda e Vigilância Sanitária, seis autos de fiscalização para adequação às normas de segurança por parte dos bombeiros, e mais quatro autos de infração pela Vigilância Sanitária. Outros três autos de interdição foram emitidos pelos órgãos municipais, além de um termo de constatação feito pela GM para um bar que foi flagrado aberto em desacordo com as normas.

A fiscalização segue rigorosa em todo município enquanto os decretos estiverem vigentes. As denúncias podem ser feitas para o telefone da Central 153, para a Polícia Militar do Paraná, pelo 190 ou ainda podem ser encaminhadas imagens e vídeos para o WhatsApp da Guarda Municipal, que é (43) 9 9995-0272.

Quem for flagrado descumprindo as normas dos decretos poderá ser autuado e inclusive responder criminalmente.

Com: N.Com

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: