Recuperação de estradas rurais atendeu 121 km no primeiro trimestre do ano

Em todo 2020, foram feitos 330 km; serviços incluem pavimentação com pedras poliédricas, patrolamento, cascalhamento e outras melhorias

Nos três primeiros meses de 2021, a Prefeitura de Londrina, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (SMAA), realizou melhorias e manutenção em 121 km de estradas rurais. O número supera o executado no mesmo período do ano anterior, que somou 330 km atendidos ao longo de doze meses.

Só nesta segunda-feira (26), a equipe da SMAA está fazendo a colocação de moledo na Estrada Canaã, que fica no distrito de Maravilha. O mesmo trabalho é executado na Estrada Eldorado, em Guaravera. Outra frente de trabalho atua nas imediações da Usina Três Bocas, onde a motoniveladora e o rolo compactador fazem patrolamento da pista, com auxílio de caminhão-pipa.

“Esses trabalhos estamos executando hoje e serão o foco da programação para esta semana. Na região da Usina Três Bocas o serviço deve durar em torno de 15 dias. Estamos também na Estrada dos Periquitos, zona leste, fazendo limpeza das caixas de contenção de água e abertura da estrada com pá carregadeira”, disse o secretário municipal da pasta, Régis Choucino.

A meta da SMAA para este ano é superar a marca de 2020 e o índice que o Plano Plurianual (PPA) estipulou pra 2021. As ações integram o Programa de Melhoria da Infraestrutura Viária Rural, desenvolvido pela Diretoria de Desenvolvimento Rural.

O secretário municipal explicou ainda que as manutenções são realizadas diariamente, com alterações de cronograma conforme condições climáticas, disponibilidade de matéria-prima, como o cascalho, e do maquinário. “Todos os dias nossas equipes estão nas estradas fazendo vistoria, cascalhamento e demais manutenções”, citou.

Os serviços executados nas estradas rurais focam em garantir boas condições de tráfego, viabilizando o escoamento das safras e a locomoção dos moradores da zona rural. Também permite que os pequenos e médios produtores façam a distribuição dos seus produtos com mais frequência, atingindo padrões de qualidade ainda melhores.

Para atingir a meta proposta para 2021, os servidores da SMAA têm planejado os serviços de forma a otimizar o trabalho. “Estamos viabilizando alternativas para incrementar nosso maquinário. Além disso, com planejamento e comprometimento da equipe pegamos as demandas e definimos quais as prioridades. Montamos um roteiro, e já conseguimos atingir esse número que é quase metade do total feito em 2020”, destacou Choucino.

Além das equipes próprias da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento, a recuperação e demais serviços nas estradas rurais de Londrina podem ser realizados por meio de empresas contratadas via licitação.

A Prefeitura também possui convênios com o governo estadual, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (SEAB). Além disso, integra o Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento Regional da Bacia do Cafezal (Cidrebac).

Dentre as estradas rurais que têm sido atendidas desde o segundo semestre de 2020, estão a Estrada Apucaraninha e Estrada Pari Paró, com patrolamento e moledamento executados pela equipe da SMAA com o Cidrebac. Os mesmos serviços foram realizados nas estradas do 58, Cachoeirinha, Patrimônio Taquaruna e na Estrada dos Coelhos.

A Estrada do Guairacá está recebendo pavimentação poliédrica com pedras irregulares. A obra tem previsão de conclusão para setembro deste ano.

E nos próximos meses outras localidades serão atendidas pelo Programa. A Prefeitura irá investir cerca de R$ 400 mil na recuperação de seis estradas (Brigada 04, Estrada Velha Lerroville-Paiquerê, Pininga, Ivo Leão, São João e Goulart), que interligam Lerroville, Patrimônio de Guairacá e Paiquerê. Ao todo, serão 64 km de estradas recuperadas por meio do Cidrebac. A previsão é que as ações iniciem entre o primeiro e segundo semestre.

Na mesma época, a SMAA irá entregar para o governo estadual, a SEAB, projetos de recuperação de outras quatro estradas da zona rural de Londrina. “Essas quatro estradas contempladas receberão pedras poliédricas, totalizando em torno de 16,5 km. Estamos elaborando os projetos para firmar o convênio com o governo estadual. São duas estradas entre Paiquerê e Maravilha, a estrada do Ponto Mineiro e da Venda dos Pretos”, elencou Choucino.

Ao todo, dos 121 km de manutenção de estradas, foram executados 25 km de extensão em moledamento. Houve ainda recuperação de pontes e bueiros da área rural, como a ponte do Rio do Cerne, no distrito de Lerroville. As manutenções dos distritos incluem ações de limpeza, poda de grama e cortes de árvores, feitas com apoio da Secretaria Municipal do Ambiente (Sema) e Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU).

Com: N.Com

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: