Uefa elimina regra de gols fora de casa em torneios de clubes europeus

Norma era adotada no velho continente desde a temporada 1965-66

A Uefa informou nesta quinta-feira (24) que aprovou uma proposta para acabar com a regra de gols fora de casa em todas as competições de clubes europeias, começando com a fase eliminatória da campanha 2021-22.

A regra de gols fora de casa, adotada pela entidade reguladora do futebol europeu em 1965-66, é aplicada quando o placar agregado de uma decisão em partidas de ida e volta fica empatado após 180 minutos: o time com mais gols no campo rival é declarado vencedor.

Mas a regra virou alvo de questionamento no ano passado, quando algumas partidas foram realizadas em locais neutros e sem torcedores devido à pandemia de covid-19.

Agora, uma prorrogação com dois tempos de 15 minutos será disputada ao final da partida de volta, seguida por uma disputa de pênaltis se os clubes continuarem empatados.

Ao explicar a decisão, o presidente da Uefa, Aleksander Ceferin, disse: “O impacto da regra agora vai de encontro ao seu propósito original, já que, de fato, desestimula os times da casa – especialmente nas partidas de ida – a atacarem, porque temem sofrer um gol que daria aos seus oponentes uma vantagem crucial”.

“Também se critica a injustiça, especialmente na prorrogação, de obrigar o time da casa a fazer dois gols quando o time visitante faz gol”.

A Uefa disse que, como os gols fora de casa não terão mais peso adicional para se decidir um empate, também serão retirados dos critérios usados para se determinar os rankings quando dois ou mais times estiverem igualados em pontos na fase de grupos.

Com Agência Brasil 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: