Onda de vendavais em Londrina já derrubaram mais de 30 árvores por toda a cidade

Alguns semáforos sofreram paralisação por queda de energia

A Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (COMPDEC) contabilizou, até às 15h50 desta terça-feira (14), 31 ocorrências de quedas de árvores e cinco situações de destelhamento na cidade de Londrina, em decorrência da forte rajada de vento e da chuva que passou pelo município no início desta tarde.

Foto: CMTU

Dados da Estação Londrina do Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar) registraram, das 12h às 13h, vento com velocidade de 31,3km/h e com rajada de 62,3km/h.

Dentre as ocorrências registradas na Central de Emergência 199, foram constatados danos em residências, bloqueios parciais e totais em vias, danos a veículos, danos em rede elétrica entre outras. As equipes da Defesa Civil estão em campo para realizar a sinalização, desobstrução de vias, avaliação dos estragos causados bem como apoiar as demais equipes da Prefeitura.

Foto: Defesa Social / divulgação

Foi montado um ponto de distribuição de lona para as famílias afetadas pelo vendaval na zona norte da cidade. A Defesa Civil está mobilizando os esforços de acordo com a gravidade das ocorrências registradas. A Base Móvel (micro-ônibus) da Guarda Municipal de Londrina será instalada na Avenida Saul Elkind, 5.397, próximo ao prédio do Conselho Tutelar Norte.

A Defesa Civil Municipal faz monitoramento das ocorrências e pede para a população comunicar a Central de Emergência 199 em caso de necessidade, para que seja prestado atendimento da melhor maneira e mais rápida possível.

Foto: Defesa Civil

CMTU – As equipes da CMTU também estão trabalhando intensamente após a chuva desta terça-feira (14), e o órgão recomenda atenção redobrada no trânsito. Até às 17h, 23 árvores de grande e pequeno mporte já foram retiradas, picadas e removidas, liberando o fluxo do trânsito.

 

 

 

 

Com N.Com 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: